.

ENTRETENIMENTO

Esquadrão Suicida: diretor David Ayer revela cena sombria envolvendo o Coringa

Publicado

em

O assunto sobre o Esquadrão Suicida de David Ayer esta lá no topo das discussões apos o anuncio do Snyder Cut de Liga da Justiça. E quanto mais nós descobrimos sobre a versão original, mais aprendemos que seu filme, e principalmente o Coringa, seriam ainda mais sombrio do que realmente foram na versão lançada.

A nova informação vem sobre o personagem interpretado brevemente pelo rapper Common. Um fã perguntou ao diretor David Ayer  havia mais cenas relacionadas ao papel desempenhado pelo cantor do que vimos no filme. E sim, há, enquanto que em ambos os cortes o personagem de Common, Monster T, sempre morreria, parece que seu modo de morte era originalmente bem diferente.

Foi um choque ver um nome tão grande quanto Common aparecer no Esquadrão Suicida e desaparecer quase tão rapidamente quanto chegou. O Monster T aparece em uma cena perto do início do Esquadrão Suicida, onde Joker o provoca por um tempo antes de aparentemente matá-lo.

Assim, nunca vemos Common morrer em tela, e isso levou um fã a se perguntar no Twitter se isso significava que talvez o personagem de Common não tenha realmente morrido e algo mais deveria acontecer ali. David Ayer revela no Twitter que a razão pela qual a cena foi editada, tornando a resolução pouco clara, e a razão pela qual não vemos o Monster T morrer é que, na versão original, o personagem se mata depois de ser intimidado pelo Joker.

Essa é apenas uma das muitas mudanças que vimos sobre o Esquadrão Suicida de David Ayer nas últimas semanas. Ficou claro desde o início que o filme passou por muitas mudanças durante a produção e que algumas dessas exclusões afetaram grandemente na história e no tom. Inicialmente, Ayer ficou bastante quieto sobre a situação, mas, mais recentemente, ele foi muito mais aberto sobre o fato de que o filme que vimos não era o filme que ele originalmente planejava fazer.

Publicidade

Destaque

Tecno Notícias