.

NOTÍCIAS

Autópsia de George Floyd é divulgada na rede e causa da morte por asfixia é comprovada

Publicado

em

Autópsia-de-George-Floyd-é-divulgada-na-rede-e-causa-da-morte-por-asfixia-é-comprovada

O caso de George Floyd chocou o mundo inteiro, mas ao mesmo tempo, causou inúmeras revoltas por conta da violência com a qual o policial agiu contra o homem negro, ao ponto de retirar a sua vida. Por ordem dos familiares de da vítima, foi realizada a autópsia independente, afim de apontar qual seria a causa de seu falecimento. A análise apontou que essa teve razão em uma “asfixia devido à compressão do pescoço e das costas que levou à falta de fluxo sanguíneo no cérebro”.

Essas informações surgem após um médico legista afirmar que “as condições de saúde subjacentes” teriam influenciado para o falecimento de Floyd e que, dessa forma, “não havia descobertas físicas que sustentassem o diagnóstico de asfixia ou estrangulamento traumático”. Nota-se uma clara tentativa de buscar amenizar a situação, tendo em vista que se fatores anteriores tivesse contribuído de forma decisiva para a morte de Floyd, o peso da culpa do policial responsável por assassiná-lo acabaria sendo diminuído.

No entanto, como constatou a própria autópsia realizada no corpo da vítima, essa hipótese acaba sendo descartada. Tendo em vista que foi justamente a asfixia, causada pela pressão contra o seu pescoço e costas que resultou na falta de bombeamento de sangue para o seu cérebro. Logo, a culpa da morte do homem negro acaba sendo provinda totalmente da violenta ação do policial e não de fatores anteriores.

George Floyd foi assassinado por um policial branco chamado Derek Chauvin, que impediu a sua respiração em sufocamento pelo período de pouco menos de 8 minutos. O acontecimento foi gravado em um registro de imagem por um outro indivíduo, dessa forma, o policial terminou sendo responsabilizado em homicídio culposo, situação quando, por mais que o assassino não tenha tido a intenção de matar a vítima, possui culpa pelo ato. A morte de Floyd motivou inúmeros protestos contra a violência dos policiais contra os negros nos EUA e no mundo.

Publicidade

Destaque

Tecno Notícias