.

LOTERIAS

Malware do Android se passa por aplicativo para coletar dados do usuário

Publicado

em

Malware-do-Android-se-passa-por-aplicativo-para-coletar-dados-do-usuário.png

Se passando de aplicativos reais e se utilizando de uma falha presente no sistema do Android 9 para frente, vírus conseguiam coletar informações pessoais dos proprietários dos smartphones. A brecha que permitia tal ação maldosa chama-se strandhogg 2.0, que atuava passando informações dos usuários induzindo os mesmos a fornecerem os dados em uma interface que se passava por verdadeira. Dessa forma, as informações pessoais do próprio usuário acabavam sendo enviadas para indivíduos mal intencionados.

Na verdade o que essa brecha no sistema possibilitava era que um aplicativo que sofresse download permanecesse no sistema de forma secundária. Dessa forma, quando o usuário entrasse em algum aplicativo bancário, por exemplo, o aplicativo acabava substituindo o mesmo. Então, informações importantes a respeito da conta do usuário, como os dados de acesso, acabavam sendo repassados sem que o próprio usuário tivesse noção disso.

Além disso, a falha poderia ser usada para que os criminosos conseguissem ter acesso às mídias e aplicativos do usuário, sendo que até mesmo o GPS poderia ser acessado pelos criminosos de modo que as informações sobre localização do dispositivo acabam sendo compartilhadas, uma vez que o próprio sistema do smartphone aceitou, por meio de um aplicativo falso, a permissão de acesso ao local do aparelho.

Por fim, vale apontar que a fragilidade foi achada pela Promon, da Noruega, a mesma foi compartilhada para o Google e as maiores informações sobre o problema serão divulgadas apenas quando a empresa estiver certa de que o mesmo foi solucionado. A Google se manifestou, afirmando que o problema já corrigiu o defeito por meio de um update. No entanto, é necessário recordar que para que um smartphone seja atingido por esse malware, será necessário que o usuário, antes disso, realize o download de um aplicativo não-confiável. Por essa razão, é de suma importância que os usuários tenham cuidado ao baixar algum app para o seu smartphone.

Publicidade

Destaque

Tecno Notícias