.

TECNOLOGIA

Huawei teme embargo e cria estoque de chips dos EUA para dois anos

Publicado

em

Huawei-teme-embargo-e-cria-estoque-de-chips-dos-EUA-para-dois-anos

A Huawei é a prova viva de como o embate comercial entre os países pode afetar a realidade das empresas, isso porque os Estados Unidos, em briga com a China, acabou firmando custosos encargos contra a fabricante oriental. Porém, tudo leva a crer que a mesma tomou as medidas necessárias para que as atitudes do lider americano, Donald Trump não interfira de modo tão intenso ao ponto de afetar significativamente a fabricação de seus dispositivos. Dessa maneira, ainda que o presidente opte por retomar com embargos econômicos, a Huawei poderá estar, de certa forma, firme.

Segundo o portal Nikkei Asian Review, a fabricante teria se precavido de forma bastante sagaz. Ao invés de encomendar chips de forma regular, como normalmente o faz, a Huawei teria aproveitado a disponibilidade de compra para que adquirisse chips o suficiente para a duração de 24 meses, ou seja, dois anos. Dentre as peças adquiridas estavam os processadores Intel e chips da Xilinx.
No passado a Huawei até mesmo criou seus próprios processadores, no entanto por conta das medidas dos Estados Unidos contra a economia chinesa, esses se tornaram escassos. Ainda de acordo com o site, as compras em massa dos produtos teriam início na conclusão de 2018, assim que a filha do criador, e então vice-presidente da fabricante, Meng Wanzhou, foi presa no Canadá a pedido dos Estados Unidos.

Por fim, vale apontar que, ainda que a maior parte das peças tenham sido de peças dos Estados Unidos, o armazenamento traria também chips de armazenamento e de memória RAM da Samsung, SK Hynix e Kioxia. Dessa maneira, a iniciativa da Huawei demonstra que a fabricante encara o futuro de sua relação com o comércio dos EUA como turbulento, tendo em vista que a preparação com o estocar das peças indica que a mesma prevê futuros embargos.

Destaque

Tecno Notícias