.

ECONOMIA

Crédito consignado: saiba quando é vantajoso fazer portabilidade do seu crédito

Publicado

em

Crédito-consignado-saiba-quando-é-vantajoso-fazer-portabilidade-do-seu-crédito-.png

A portabilidade do empréstimo pode ser uma escolha disponível desde 2013 pelo Banco Central para os milhões de brasileiros que pedem por crédito consignado, mas se encontram com quantias muito altas de taxas e parcelas depois da contratação. Portanto, com a portabilidade de crédito, é necessário transferir a sua dívida para uma instituição financeira com condições ainda melhores. No entanto, é necessário avaliar bem antes de fazer qualquer processo.

Assim, temos algumas dicas para você entender quando é mais vantajoso fazer a portabilidade do crédito consignado.

O que é portabilidade de crédito?

A portabilidade de crédito é usada para auxiliar quem quer trocar alguma dívida alta por algo mais acessível. Por exemplo, quando as taxas de juros do banco estão acima do que as da concorrência. Assim, pode conseguir transferir a dívida para outro banco, diminuindo o a taxa de juros e assim, a sua dívida.

Portanto, as opções de portabilidade de crédito consignado vão está disponíveis para todas as grandes instituições financeiras do Brasil, dos cinco maiores bancos aos novos bancos digitais.

Como é que funciona a portabilidade do crédito consignado?

Portanto, para trocar um empréstimo ou financiamento basta pedir o cálculo da dívida para o banco onde o empréstimo foi contratado. Depois de estar com as informações em mãos, você deve pedir o crédito eficiente para a pagar as dívidas em um novo agente financeiro. Dessa maneira, com a aceitação do crédito, a nova instituição financeira escolhida vai fazer o pagamento do débito e vai assumir o novo crédito.

Vale a pena mudar o meu banco para pagar a dívida?

A portabilidade do crédito consignado pode ser feita por aqueles que têm um empréstimo deste tipo, por exemplo, pensionistas, aposentados, funcionários públicos e privados. Portanto, para conseguir o benefício, é preciso que o novo agente financeiro que foi escolhido tenha um convênio com a entidade na qual você recebe o benefício ou salário.

Veja alguns pontos para saber se vale a pena:

  • Solicite o Custo Efetivo Total da nova operação;
  • Compare os valores de parcelas e finais entre as duas instituições;
  • Análise a taxa de juros do novo banco;
  • Realize o cálculo dos seus gatos mensais, para ter certeza de que a nova parcela é adequada ao seu orçamento mensal;
  • Verifique se não há taxas para a realização das transações (normalmente, não são cobradas taxas pelos bancos).

Quais os benefícios que posso ter com a portabilidade?

Além da diminuição da sua dívida total, com valores abaixo da taxas de juros e parcelas, a portabilidade do crédito consignado também é uma escolha bem vantajosa para que precisar liberar a sua margem consignável. Assim, essa margem estipula que Pensionistas, Aposentados, Militares das Forças Armadas, Servidores Públicos e Profissionais CLT vão poder gastar até 35% de sua renda mensal com crédito consignado, seja empréstimo (30% da renda mensal) ou cartão de crédito (5% da renda mensal).

Dessa maneira, quando esse limite for atingido a pessoa vai ficar impossibilitada de pedir por novos créditos consignados até seja paga. Portanto, observe bem na hora de renegociar a dívida!

Destaque

Tecno Notícias