.

ECONOMIA

Auxílio Emergencial: novas regras de pagamento para os R$600 na segunda parcela

Publicado

em

Auxílio-Emergencial-novas-regras-de-pagamento-para-os-R-600-na-segunda-parcela-.png

Nesta segunda-feira (4), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, divulgou em uma coletiva de imprensa que poderá fazer alterações no calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio de R$600

Portanto, caso seja aprovadas, essas novas regras deverão ser comentada nesta semana. Assim, a ideia foi debatida pelo Ministro Onyx Lorenzoni, e o presidente Jair Bolsonaro.

Assim, a proposta é que o calendário dos beneficiários do Bolsa Família, e os trabalhadores que não possui conta em banco, os dois públicos que mais precisam, não se encontre.

Dessa maneira, o intuito que não aconteçam aglomerações e nem filas nas agências, como uma maneira de evitar a disseminação do coronavírus.

No calendário de hoje, a segunda parcela vai ser paga para os beneficiários do Bolsa Família a partir do dia 18 e finaliza no dia 29 de maio.

No começo, a Caixa comentou que vai pagar a segunda parcela do auxílio de R$600 para o público que já tiver o cadastro no Cadúnico em 27 de abril. Dessa maneira, recuou, com o motivo de que iria precisar terminar o primeiro lote antes de dar início ao próximo.

Portanto, para os trabalhadores que não estão no CadÚnico ainda não pode ser prevista a data de pagamento da segunda parcela, pois ainda permanece na análise 6 milhões de cadastros para o primeiro pedido.

“Eles podem ser aprovados, não aprovados ou classificados como inconclusivos”, diz o executivo.

Guimarães comentou que os públicos vão precisar de auxílio pessoal nas agências, e não esta acostumado com o aplicativos. “Além disso, no primeiro dia de pagamento muitos deles já buscam as agências, por conta da necessidade”.

Continuando

Assim, o presidente do banco espera que o pagamento da segunda parcela para acontecer de forma mais organizada e tenha menos filas.

“Isso porque já criamos e validamos a nossa base dados. Na primeira parcela teríamos de ter pago um mês depois para que o calendário fosse organizado. Optamos por pagar mais rápido”.

Guimarães falou que já foi possível diminuir “sensívelmente” as filas para os saques de benefícios ao abrir agências aos sábados, e em horários estendidos.

Desde esta segunda-feira (4), as 4 mil agências da Caixa vão passar a abrir às 8h. “Por volta das 14h e 15h, visitei agências que não possuia mais filas para fora, na rua”.

Destaque

Tecno Notícias