.

ECONOMIA

Caixa TEM: veja os cuidados que você deve ter quando usar o aplicativo

Publicado

em

Caixa-TEM-veja-os-cuidados-que-você-deve-ter-quando-usar-o-aplicativo-.png

Desde que a pandemia de covid-19 se iniciou, vários golpes virtuais têm acontecido no Brasil. Assim, também no caso do Auxílio Emergencial do governo, não é uma exceção. Portanto, no último mês, os ataques a dispositivos móveis tiveram um acréscimo de 100%, por exemplo. O aplicativo Caixa Tem, para dispositivos móveis, é o canal pelo qual varias pessoas tem acessado o Auxílio Emergencial.

Portanto, pensando nisso, para tornar essa operação ainda mais segura, a Polícia Federal publicou alguns cuidados que devem ser tomados na hora de acessar o aplicativo da Caixa Tem.

Veja, vai ser listado as dicas de segurança que a Polícia Federal disponibilizou para auxiliar as pessoas para evitar golpes e outros problemas durante o acesso ao aplicativo.

Veja a lista abaixo

1. Primeiramente, só faça o cadastro para receber o Auxílio Emergencial no site oficial da Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br) ou nos aplicativos baixados em lojas oficiais das empresas fabricantes dos celulares da Apple (App Store) e da Samsung (Play Store).

2. Não acesse nenhum site que se diga da Caixa Econômica Federal e não termine em “gov.br”.

3. Ao entrar na página da Caixa Econômica Federal, verifique se existe um cadeado cinza no canto superior esquerdo da página. Isso significa que o site está criptografado para impedir golpes.

4. Links que levem direito ao cadastro deve ser https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio, ou seja, devem ter o HTTPS onde o “S” corresponde a uma camada extra de segurança.

5. Ao receber uma mensagem em seu celular sobre o cadastramento do Auxílio Emergencial, desconfie sempre antes de clicar nos links.

6. Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são verdadeiros.

7. Cuidado com o imediatismo de mensagens, tais como “cadastramento liberado até hoje”, “último dia para cadastro”, “urgente” e “não perca essa oportunidade”.

8. Nunca forneça ou repasse informações sobre senha de banco, conta bancária, dados financeiros e do benefício do INSS, entre outros.

9. Não marque nenhum agendamento para que pessoas compareçam em sua residência sob o pretexto de fazer uma consulta presencial.

10. Nenhum órgão do governo federal se comunica com quer que seja solicitando dados e informações dos seus beneficiários ou servidores por links via WhatsApp.

11. Nunca baixe programas piratas para o celular ou computador.

12. Por fim, instale um bom antivírus em seu celular ou computador e tenha o sistema operacional do seu celular e computador atualizados.

Destaque

Tecno Notícias