.

ECONOMIA

Empregados da Amazon ficarão em casa até outubro

Publicado

em

Empregados-da-Amazon-ficarão-em-casa-até-outubro

A pandemia do novo coronavírus acabou afetando a todos os sítios da sociedade, incluindo o mercado e forma de trabalho. Todos os afazeres acabaram sendo modificados para funcionarem de modo a não proporcionar o contato físico. Assim, já que o COVID-19 tem sua contaminação favorecida através da proximidade entre um indivíduo testado positivo e outro que não. Tendo isso em vista, há dois meses que os empregados da Amazon em sua unidade de Seattle e Bellevue (EUA) estão realizando suas atividades referentes ao seu trabalho em homework. A empresa permitirá que até outubro os seus funcionários tenham a liberdade escolher por ficar em casa.

Porém, essa possibilidade se detém apenas nos casos em que é possível realizar as atividades profissionais em um ambiente diferente, assim se enquadram a administração, programadores, entre outros. Quanto às funções que não têm condições de serem feitas de casa, essas continuam com as atividades presenciais. Todavia para aqueles que mesmo com a possibilidade de trabalharem em casa, escolherem por se dirigirem para os escritórios, serão necessárias algumas atitudes de prevenção. Tais como o máximo de isolamento social quanto possível, o uso de álcool, máscara e controle da temperatura corporal. Assim, para garantir que mesmo com um ambiente menos movimentado, as chances de contaminação sejam ainda mais minimizadas.

Fundos para o coronavírus

Enquanto isso, aqueles que desempenham serviços fundamentais como a segurança e limpeza permanecem em suas residências sem que nenhum prejuízo recaia sobre eles. Isso porque a Amazon optou por pagar os salários integralmente, dentre os meses seguintes diante dessa situação.

Por fim, a Amazon doou dez milhões de dólares para 800 pequenos restaurantes que vinham sofrendo por conta desse negócio ser mais sensível à medidas de isolamento. E, ainda não satisfeita, Amazon revelou que todo os recursos lucrados nos próximos noventa dias serão destinados para auxiliar no combate ao COVID-19.

 

Publicidade

Destaque

Tecno Notícias