.

TECNOLOGIA

Teste de farmácia para o novo coronavírus já está disponível no Brasil

Publicado

em

Teste-de-farmácia-para-o-novo-coronavírus-já-está-disponível-no-Brasil

De acordo com um estudo recente do Imperial College de Londres, o Brasil tem mais alta taxa de contágio do novo coronavírus, então, em meio a uma situação tão caótica como essa, o Brasil receberá testes rápidos para apontar o novo coronavírus, sob o preço médio de R$ 130. Esses poderão ser encontrados em farmácias comuns, provindos do laboratório de Curitiba, o Hi Technologies. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, popularmente conhecida como Anvisa, agência de regulação atrelada ao Ministério da Saúde, permitiu a venda dos testes rápidos no mercado nacional. Todavia, esses deverão ser vendidos apenas nas farmárcias e os testes somente por um profissional capacitado para realizá-lo.

O funcionamento do pequeno laboratório criado pela Hi Technologies tem um funcionamento simples, mas de grande efetividade. Com o Hi Lab será possível perceber as glicoproteínas (anticorpos) criados pelo próprio sistema imunológico com o objetivo de defender o organismo. Assim, com um instrumento quem estiver realizando o teste fará um pequeno furo no dedo do testado, com isso sangue é coletado e misturado com substâncias em uma cápsula. Essa, por sua vez, é colocada no aparelho que, conectado à internet, manda as informações para um laboratório real. Em poucos minutos um documento será emitido após a análise dos médicos. Por fim, o próprio testado saberá do resultado através do e-mail ou mesmo celular, via SMS.

Teste-de-farmácia-para-o-novo-coronavírus-já-está-disponível-no-Brasil-

Sobre as encomendas

De acordo com informações do próprio Hi Technologies para ICTQ, o valor do Hi Lab estará relativo à quantidade de unidades encomendadas. Dessa forma, em atacado o aparelho pode sair muito mais barato do que numa quantidade menor. Por exemplo: se a encomenda for de 200 até 999 aparelhos, o teste custará R$ 150. Mas, como dito, o preço diminui bastante caso o pedido seja superior ao descrito acima. Se você ficou interessado em conferir a tabela completa, basta apenas acessar à página do ICTQ. 

Publicidade

Destaque

Tecno Notícias