.

TECNOLOGIA

Testes de voz israelense quer identificar pacientes com o novo coronavírus

Publicado

em

Testes-de-voz-israelense-quer-identificar-pacientes-com-o-novo-coronavírus.png

Um estudo acerca das vozes dos indivíduos que testaram positivo para o novo coronavírus, realizado pelo Ministério da Defesa de Israel e a empresa Vocalis Health, pode fornecer um rastro em comum. Esse que será capaz de identificar um padrão que auxiliará na percepção dos sintomas do COVID-19.

A ideia é captar vozes de pacientes confirmados com o vírus através de um app. Coleta essa que foi realizada no final do mês passado por uma empresa de Israel que tem sua atividade focada em hospitais. Dessa maneira foi possível obter um banco de dados das vozes daqueles indivíduos que, com certeza, possuem o novo coronavírus. Isso é essencial para que o desenvolvimento de uma tecnologia como a qual o estudo pretende.

Afinal de contas só se torna possível uma análise em busca de um padrão fixo entre as mais diferentes vozes mas que possuem em comum o COVID-19, fez-se necessária a coleta de tal informações. Uma vez em posse dessas, o próprio Ministério define quais serão os próximos passos nessa empreitada.
“Essas amostras de voz serão analisadas usando um algoritmo baseado em IA (Inteligência Artificial) para identificar a ‘impressão digital’ vocal única”, disse o órgão do governo israelense.

O COVID-19 tem como principal característica a sua agressividade contra o sistema respiratório de seus confirmados. Tal condição pode perfeitamente ser manifestada por meio de características identificáveis na respiração e falar de um indivíduo. Essa é uma clara demonstração de como a IA pode ser utilizada para fins médicos. Pois, com o uso desse recurso um novo método paralelo poderá somar na detecção da doença, o que culminará em um diagnóstico mais breve.

Acompanhamento à distância

Testes-de-voz-israelense-quer-identificar-pacientes-com-o-novo-coronavírus-.png

O diretor executivo da Vocalis Health, Tal Wenderow, responsável pela criação do app móvel. Esse que afirma que o diagnóstico e acompanhamento dos pacientes à distância seriam possíveis através do uso do sistema. Por meio de um sistema de coleta de voz aberto, sendo que qualquer pessoa pode fornecer um dado de áudio ao projeto. Uma consequência positiva do funcionamento desse sistema de identificação de padrões na voz dos pacientes testados é que aqueles que tiverem apenas sintomas leves poderão ser monitorados de forma remota, evitando a lotação dos hospitais.

Publicidade

Destaque

Tecno Notícias